domingo, 6 de julho de 2008

Juizos temerários


Leio todos os messes um jornal que me é deixado na caixa do correio não sei por quem mas gosto de ler ....

O jornal se chama "cavaleiro da imaculada" é de uma religião que nem conheço mas que vale a pena ler faz-nos reflectir na vida . Este mês recebi o jornal na ultima pagina tem o conto do mês e penso que nos dias de hoje realmente as aparências muitas vezes é o que conta .

Eu também não sou excepção e ao ler faz pensar se devo ser assim .

Aqui vai e gostaria que cada um de voçes pensem ..


Todas as manhãs ,durante o mês de Agosto , a família deslocava-se para a praia mais próxima de casa .

Logo nos primeiros dias ,as crianças viram uma senhora já idosa e vestida pobremente andava lentamente na praia .De vez em quando se curvava -se para apanhar alguma coisa .

Um dia ,passou muito perto da barraca .Olhou para as crianças , sorriu-lhes e continuou o seu caminho .

Foi então que os pais recomendaram aos filhos :

-Não vos aproximais dessa pessoa .É uma desconhecida .E assim vestida nunca se sabe quem será .

E todos os dias ,de manha ela passava e sorria para as crianças . Mas os veraneantes nem sequer tiveram a iniciativa de saber quem era .

Quando , por doença , deixou de aparecer ,souberam que essa mulher simples limpava gratuitamente a praia de todos os vidros e os outros detritos ,para as crianças não ferissem os pés .


Vivemos numa sociedade onde o importante é parecer. Mas afinal as aparências podem iludir . essa mulher vestida pobremente era rica em amor .


Agora digo eu nunca julgamos uma pessoa assim ??



bom domingo



beijinho

12 comentários:

Pjsoueu disse...

Paula, Infelizmente a maioria de nós julgamos as pessoas pela aparência.

Com todos os meus "defeitos, tenho um que consiste na vontade de sentar-me com os mais velhos, com os mal vestidos e escutá-los, observar a sabedoria de vida mesmo no meio do aparente caos.

Imensas vezes aprendo com essas pessoas a simplicidade da vida, entre algumas lágrimas e sorrisos.

Quando de alguma forma consigo dar um abraço a quem precisa."( muitas vezes esse abraço é-me mais necessário do que a "eles:

Um beijo do Pj

Coragem disse...

Querida amiga, eu como Mãe educo os meus filhos a não falar com estranhos, não quero por em duvida os meus ensinamentos.

não falar com a senhora, é diferente do que trata-la mal, infelizmente vivemos numa sociedade que nos obriga até a questionar os sorrisos.

Mas a história é uma lição de que nem sempre a aparencia conta, verdade.
Não costumo julgar pela aparencia, mas que ela tem peso, tem.


Beijinho

AugustoMaio disse...

Uma histária para pensar MUITO.
Oportuna aos tempos que passam.

Coragem disse...

Queres que eu te diga o que penso a teu respeito? aqui e agora?
Porque motivo isso, neste momento?
Nós que já nos lemos há tanto tempo, e nem acredito que não me saibas ler nas entrelinhas, todos sabemos, todos temos a percepção do que somos para os outros, ou preferes que o diga onde a pegunta foi colocada?

Serás sempre a Paulita que lio talvez há um ano, diz.me o que pretendes, falo-ei com prazer.

Beijinho

Cila & Di disse...

Infelizmente nos dias que correm a aparência conta...apesar de nem tudo o que aparenta é real. Quantos há que se vestem com as melhores roupas e no fundo não têem onde cair mortos!? Por outro lado partilho da opinião da Coragem...eu como mãe também educo a minha filha a não falar com estranhos...hoje em dia, nunca se sabe quem estará por detrás de um sorriso simpático...
beijo

meu cantinho disse...

BEM ,eu contra mim falei estava escrito lá no cimo da postagem
"Eu também não sou excepção"tambem criei os meus filhos a não falar com estranhos ,mas se conviver com um estranho diariamente ,se esse estranho se mostrasse simpatico amavel ,e acima de tudo educado isso seria uma maneira de o ver diferente não pela maneira de vestir ou andar podia ser um simples pedinte...
mas acreditem e é verdade ,se fosse uma velhinha pela qual eu sinto tantas saudades da pele cheia de rugas da sabedoria da vida eu a abracaria sabem porque ??
Porque sinto uma saudade enorme da minha falecida avó e foi isso que me fez postar nada mais .
um beijinho

meu cantinho disse...

Amiga eu pedi para dizeres o que pensas a meu respeito nada mais .
Sabes eu serei sempre a p@ulit@ quando mudar não andarei por aqui acredita .
Fico é um pouco (xateada)ou mesmo triste porque cada qual é como é.
Não gosto de ver minguem chateado e bem sabes tu e o pj são pessoas que eu gosto de ler e gostava de ver os vossos comentarios "compadri" era bonito de ver .
Agora por causa de uma postagem ficão chateados não gosto .EU sou assim desc .
Lembras quando te pedi para falares com a xuva para abrir o blog ou não desistir dele .
disses-te que ...e eu respeitei mas mais uma vez te digo eu sou assim P@ulit@ .

um beijo e espero que compreendas
mas podes crer continuo a ler porque gosto e porque me sinto bem por lá bem sabes AMIGA

Coragem disse...

Paulita, nesta vida temos que aprender a ser imparciais, eu sou-o completamente.

Se tu és o que és e eu respeito-te por isso, pois acredita eu sou o que sou e orgulho-me bastante.

Agora o que se passa comigo e com outra pessoa em nada te diz respeito, não entendo a parte em que me pedes para dizer o que penso de ti.
Se te sentes envolvida, pois temos pena, não entenderei porquê, mas lá está, há tanta coisa que vou deixando de querer entender.

Um beijo

meu cantinho disse...

Não há nada que entender ou deixar so e simplesmente gosto de vos ler
mas tens razão nada tenho haver.E mais uma vez peço des por meter onde não sou chamada .E quando te peço para dizer o que pensas de mim ,olha porque hoje estou assim .

BEM SABES QUE TKL AQUI E ALI SÓ E SIMPLESMENTE PELA AMIZADE

BEIJITO

Pjsoueu disse...

Paula; antes de ir mimir, venho dizer baixinho na tua janela: Um noite linda. Bjos e até amanhã!:)

Coragem disse...

Então é assim minha linda amiga...

Em ti vejo, uma pessoa sincera, simples, que dá um enorme valor à amizade.

Talvez um pouco sonhadora, que não encontra a sintonia entre o real existente e o imaginario que gostaria que existisse.

Já demostraste ao longo deste tempo que nos "conhecemos" que és uma pessoa pura, com um enorme coração, mas que te deixas levar por palavras bonitas, talvez pela tua simplicidade.

Gosto de te chamar amiga, talvez das unicas pessoas que dão muito valor à amizade.

Mas é assim e agora falo por mim, eu prefiro ter 1 ou 2 amigos mesmo verdadeiros, aqueles em quem posso confiar, do que fazer da amizade uma constante e depois ter demasiadas decepções.
O tempo que aqui ando aprendi a ser muito perspicaz e a ir separando o trigo do joio, não me deixo iludir ou influenciar rapidamente para mais tarde não sofrer.
E tu querida Paulita deverias fazer o mesmo (conselho de amiga)

Um beijo carinhoso

meu cantinho disse...

Sonhadora sou e serei :(
Palavras bonitas quem não gosta de ouvir no entanto sei que são só palavras.
Agora AMIZADE tens razão sempre fui amiga muitas vezes já "levei na cara " tanto no real como no virtual e é engraçado que quando tento mostrar a minha amizade e não consigo fico xateada comigo mesma .
Espero que um dia possas sentir a amizade que sinto por ti como por alguns que vou lendo
(obrigada pelo conselho)
um beijo sincero