terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

O conto do mês


A ÁRVORE
Era uma vez uma árvore que,tendo crescido á beira do rio se sentia infeliz.Dizia para consigo:
-Levo uma vida sem sentido.
Sempre parada e sem nada fazer .
Um belo dia ,um passarinho poisou em seus ramos e cantou-lhe uma linda canção . A árvore ,que estava a dormitar ,abriu os olhos e viu muitas outras aves alegres a esvoaçar de ramo em ramo .
Começou a sentir-se melhor.
Viu também que muitos viajantes se sentavam á sua sombra para recuperar as forças.
E verificou ainda que diversos arbustos se apoiavam no seu tronco.
Descobriu nesse dia que era útil aos passarinhos que nela poisavam,aos caminhantes que á sua sombra descansavam,e aos pequenos arbustos que nela se apoiavam .
Foi precisamente então que era útil aos outros ,embora parecesse estar sempre parada e sem nada fazer .Como fazia os outros felizes ,encontrou razoes para viver .....
Mais uma vez recebi o jornal" Cavaleiro da imaculada "já não é a primeira vez que exponho aqui o conto do mês acho que vale a pena ler .Porque por mais que pensemos que não somos uteis a sociedade há sempre alguma coisa a fazer .
conclução do conto :
Vale a pena viver ,quando se passa pela vida sendo úteis aos outros amando e servindo os outros
Beijinhos
Continuação de semana feliz
PAULA

4 comentários:

Pjsoueu disse...

Paula:

Mais uma história muito bem escolhida:)

E olha que tu. muito mais linda que a tal árvore és tão amada por todos que te rodeiam...


beijnhos;

Pj

meu cantinho disse...

Eu sei que sim amigo , mas por vezes tenho duvidas ,mas isso são tolices da minha cabeça (que fazer)

beijokinhas

gaivota disse...

É uma linda hitória mas no fundo é uma lição de vida.

Tens um desafio no meu cantinho
Beijinhos

O_VENTO disse...

olá boa noite :O) *** ...As minhas palavras são as mesmas que te disse ja algum tempo . Eu adoro ler o teu blog ....Por isso deixo aqui a minha ultima escritA Música....

A MÚSICA…
Apuro o ouvido…
E ansioso,escuto,
Tão impoluto e comovido,
O som lomgínco da adolescência.
Em impaciência ideio-o e brinco-o, entre o rosal,
Rosas abrindo no bom quintal.
Menino findo!
Já sensual,
Já pressentido.
ASS:”O_VENTO” ...Bj grande deste teu adimirador "o_vento"