sábado, 26 de setembro de 2009

O mar e eu


(foto tirada por mim)

Hoje sentei naquela rocha,conseguia ouvir lá longe as gaivotas a grunhir por mais uma refeição,o mar a formar as suas ondas,onde acabavam na areia com o seu manto branco,depois de se debaterem perante aquelas rochas ermidas e gastas pela sua fúria...
Ouvia.se também o riso das crianças que brincavam na areia a fazer os seus castelos,as mães em seu cuidado a "chamar"atenção pela fúria do mar.
Via-se mais uma pessoa aqui e ali.Aproveitar estes dias de mais calor.
Senti,uma nostalgia dentro de mim gostava imenso de ter alguém ali ao meu lado,conversar, falar nem que fosse de coisas mais banais.
No fundo senti sozinha.
Mandei algumas mensagens,a pessoas que considero amigas,perguntei se estava tudo bem como passavam,um entre outro respondeu,outros nem por isso,já algum tempo que nem sei o que é feito deles.
Como dizem o valor da amizade é dar sem esperar receber,mas hoje queria receber..sentir que realmente também sentem falta de mim (no fundo sentir que sou útil)
Ainda peguei num livro que levei para ler,desfolhei algumas paginas..mas se perguntarem o que li, não sei não consegui concentrar na leitura ,acabei por fechar o livro e ficar ali olhar, a pensar em tudo e em nada,fiquei assim pelo menos duas horas a olhar e a olhar.Quando me enchi dei uma caminhada e voltei para casa.
"Amizade é assim...é sentir o carinho é ouvir o chamado.
é saber o momento de ficar calado..é respeitar o espaço..
silenciar o segredo..
É a certeza da mão estendida,a cumplicidade que não se explica...
E APENAS SE VIVE."
E hoje minguem soube ouvir o meu chamado...

Beijinhos

PAULA

3 comentários:

Quase nos 50 disse...

Pense que se calhar era mais importante para si estar em contacto com a vida sózinha do que acompanhada....
Eu acredito que nada acontece por acaso e a amizade "revela-se" quando menos esperamos e mais precisamos.
Hoje era o dia de estar a sós consigo e não acompanhada.
Beijos

O Profeta disse...

O amor procura o aconchego
Duas almas suspiram em entrega total
Explode a paixão, enlouquece o querer
O amar às vezes é pecado mortal...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu


Doce beijo

meu cantinho disse...

beijinhos grandes para voçes:)