terça-feira, 10 de junho de 2008

DESABAFO



Sempre te pedi que parasse .
Sempre te pedi mais companhia
Sofria muitas vezes com a tua ausência
Mas não era assim que eu queria .
Estas palavras não saem da cabeça
COM uma lagrima no olho digo,
NÃO ERA ASSIM QUE EU QUERIA

PAULA

2 comentários:

D.Antónia Ferreirinha disse...

P@ULIT@, não sei o que te diga.
Digo somente que a vida nem sempre é como gostariamos que fosse.
Que este momento menos bom e de nostalgia depressa se componha.
Beijinho.

Coragem disse...

Oh amiga, momentos menos bons existem. Tem calma, nem sei o que te poderei dizer para amenizar a dor que se nota sentires.

Beijinho muito terno.